#EuQuero
Rio das Ostras
Criativa

bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape
bg-shape

A CANDIDATURA

Rio das Ostras está concorrendo ao título de Cidade da Música da Rede de Cidades Criativas da UNESCO.
Essa é uma iniciativa da Prefeitura, por meio da Fundação Rio das Ostras de Cultura, motivada com o objetivo de potencializar os principais ativos da cidade - a cultura e o turismo -, criando oportunidades para promover o desenvolvimento sustentável com inclusão social
e preservação da sua identidade cultural.

CIDADE DA MÚSICA

A música é uma das expressões culturais que caracteriza Rio das Ostras. Os projetos que envolvem a música e a qualificação de artistas são destaques desta jovem cidade, reconhecidamente criativa.

A música faz parte da história de Rio das Ostras. Projetos como Rio das Ostras Instrumental, que iniciou a formação de plateia e resultou na criação de um dos maiores festivais do mundo, o Rio das Ostras Jazz & Blues Festival. Evento anual que além de oferecer o melhor da música inteiramente de graça, incrementa a economia da cidade, por meio do turismo. Em função do sucesso deste evento, Rio das Ostras transformou-se na “Capital Estadual do Jazz & Blues”, através da Lei 6.056/2011, assinada pelo governador do Estado, e também incentivou a criação do curso de Produção Cultural
no Polo Universitário da UFF no Município.

Inúmeros outros projetos culturais tiveram a música como principal atração – o Chorinho na Praia, que trouxe esse estilo musical bem brasileiro através dos melhores músicos do país; o Música da Cidade, que com diversas edições, abriu espaço público para que os músicos locais se apresentassem e mostrassem sua arte e o Soul da Casa, que também levou artistas locais para o palco do Teatro Popular; o Música na Praça, e as iniciativas dos alunos da UFF com o Lá Tá Rolando.

A música é tratada em Rio das Ostras como um elemento importante de inclusão e estímulo à criatividade. Exemplo disso foi a criação da Orquestra Kuarup Sopros & Cordas, que chegou a lançar dois DVDs e viajar para a Europa mostrando a qualidade dos músicos surgidos na cidade, regida pelo reconhecido maestro Nando Carneiro, que ainda hoje qualifica novos talentos na cidade. E também a criação da Casa da Música Geraldo Carneiro, no ano 2000, afiliada a Escola de Música Villa-Lobos, que iniciou a educação musical em Rio das Ostras e em 2004 passou a fazer parte do Centro de Formação Artística de Música, Dança e Teatro, que vem formando artistas desde então e transformou a cidade em um
celeiro infinito de talentos musicais.

O baiano Dorival Caymmi também se apaixonou pela cidade. Compôs diversas canções por aqui, principalmente na década de 70, quando passava meses em Rio das Ostras aproveitando o clima e a tranquilidade para se inspirar.

Por aqui também passaram outros músicos como Stanley Jordan, que fez sua primeira apresentação gratuita na cidade nas areias da Praia de Costazul, na primeira edição do Festival de Jazz. De lá para cá, encantou-se pela cidade e tem Rio das Ostras como uma referência brasileira que incentiva a música, a criação de plateia e a formação de novos artistas.

Como não citar outros nomes de artistas locais que levam o nome de Rio das Ostras para o mundo? O guitarrista Paulinho Moreira, um dos integrantes da Banda Jamz, que surgiu em 2014 no Programa SuperStar da Rede Globo e, pela qualidade musical, recebeu o Prêmio Multishow em 2015 e o Prêmio da Música Brasileira como melhor grupo em 2016, além de ser indicado por duas vezes para o Grammy Latino. E a sambista Thaís Macedo, que tem seu talento reconhecido por grandes nomes do samba como Paulinho da Viola, Arlindo Cruz e Diogo Nogueira.

A REDE DE CIDADES CRIATIVAS

A Rede de Cidades Criativas da UNESCO tem como objetivo promover a cooperação internacional entre cidades comprometidas em investir na criatividade como uma propulsão para o desenvolvimento urbano sustentável, a inclusão social e aumento da influência da cultura no mundo.
A Rede engloba sete áreas temáticas: Artesanato e Artes Folclóricas, Design, Cinema, Gastronomia, Literatura, Artes Midiáticas e Música.

WorldCafé

07/05

UFF Rio das Ostras

15h e 19h

30/04

Biblioteca Pública Municipal

15h e 19h

bg-image

Galeria

Saiu na mídia

client-logo client-logo client-logo client-logo client-logo client-logo client-logo client-logo client-logo